quarta-feira, junho 04, 2008




Japonesa, japonesinha...

Cozinha-me o arroz, japonesa que vinho do Porto beberás.
Talheres de prata uso eu e nada mais fácil me pareceu.
Sim japonesa, boa comida sabes fazer mas não me apetece mais. Estou cheia japonesa, mas ensina-me mais.
Tenho olhado para ti e olhos em bico sabem chorar.
Deste-me os cabelos longos e lisos e o teu kimono mais bonito, tens sido a fada japonesa da minha vida.
Momentos de silêncio passámos e que música me dás aos ouvidos se nem tu nem eu dançámos.
Não me enganes japonesa, sei eu bem que te escondes dentro dos teus olhos azuis.
Felizmente há luar japonesa, mais ninguém vai olhar para ti como se fosses a única no cimo da montanha e que te gritam palavras disparatadas.
Desculpa minha japonesa que tenho subido a montanha.
Corre japonesa corre, que de amores perfeitos foste tu feita.
Sê minha, japonesa, que eu estico os meus olhos por ti.

By MinerBackPain for La Japonaise