terça-feira, dezembro 02, 2008





As pessoas nascem com uma doença gravíssima. As pessoas morrem a pensar que nunca a tiveram, acordam e deitam-se todos os dias ,seguidos de noites que se seguem de dias, a pensar que nunca sofreram de tal maleita. A arrogância tolda-lhes a vista tão nítida do terceiro olho. Importam-se com a camisola que tem burbotos, com o casaco escuro que tem pelos, com a mancha nas calças perfeitamente engomadas, com a saia que é demasiado curta e com o vestido que tem um decote demasiado profundo. Não se importam com o cheiro, isso não, o cheiro nunca as afectou, só se for de algo material, se não for visível pouco importa. Mas para quem cheira o que se não vê o incómodo é lento, profundo e agoniante. Um dos cheiros que mais profana as "narinas" é o da doença, deste vírus que se alastra e propaga assusatadoramente, algo tão simples e trivial como: a estupidez. É a gripe da alma e é regorgitante. Irrita-me profundamente ter de coniviver involuntáriamente com este espécime nojento. Pergunto: Eu falo mal para as pessoas? Sou arrogante para as pessoas? Sou mal-educada para as pessoas? Eu respondo: Não, não e não. Ora tendo estas perguntas com respostas tão objectivas eu pergunto, novamente: Porque é que as pessoas me falam mal, são arrogantes e mal-educadas comigo? Tenho um alvo na testa a dizer "Por favor testem a minha paciência!". Eu respondo, novamente: Não. As consequências não são bonitas e a irritação faz mal aos pêlos do nariz. Acho que vou continuar com o yoga...

4 comentários:

M.R. disse...

Será que se trata de mais um Teste? Hum? Daqueles que nos levarão a outros patamares? Será que se trata de um jogo de equilíbrio entre limites; em que nem podes ser tão arrogante ou tão estúpido/a quanto os que o são para ti (mesmo quando apetece muito) nem tão "podem dar-me todas as chapadas que quiserem que eu fico aqui a assistir"?

Não sei. O que eu sei, é que dê lá por onde der consegues sempre contornar esses pins de estupidez, essas lombas, essas trombas. (já estou a começar com as pregas nos lábios :))

*

Tiago Henrique disse...

Tanta irritação por cá! Às vezes a arrogância é uma reacção momentânea. Pouco depois passa, digo eu... às vezes não passa de uma característica (não é das melhores para se ter, é certo) que só existe enquanto não há proximidade. Não será?

somebody disse...

酒店經紀人,

菲梵酒店經紀,

酒店經紀,

禮服酒店上班,

酒店小姐,

便服酒店經紀,

酒店打工,

酒店寒假打工,

專業酒店經紀,

合法酒店經紀,

酒店暑假打工,

酒店兼職,

便服酒店工作,

酒店打工經紀,

制服酒店經紀,

專業酒店經紀,

合法酒店經紀,

酒店暑假打工,

酒店兼職,

便服酒店工作,

酒店打工,

制服酒店經紀,

be disse...

華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,